Sicredi detalha funcionalidades e benefícios do Pix

Associados podem começar a usar o sistema de pagamentos instantâneos a partir de 16 de novembro

A partir do dia 16 de novembro, os associados do Sicredi previamente cadastrados podem começar a usar o Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central do Brasil que promete revolucionar as transações financeiras no País. Por ser uma solução nova e 100% digital, surgem muitas dúvidas sobre os processos, benefícios e funcionalidades da ferramenta que possibilitará a transferência instantânea de recursos entre contas.

O diretor executivo da Sicredi Região da Produção RS/SC/MG, Marcos Dorigon, explica que a solução marca uma evolução importante do Sistema Financeiro Nacional (SFN). “A alternativa traz mais segurança e praticidade aos consumidores e está totalmente alinhada à nossa estratégia de buscar cada vez mais experiências digitais econômicas para os mais de 4,5 milhões de associados do Sicredi no País”, destacou.

Para auxiliar os associados e a população em geral sobre as formas de uso do Pix, a Sicredi Região da Produção RS/SC/MG elaborou perguntas e respostas com as dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Confira:

O que é o Pix?

O Pix é uma plataforma de pagamentos instantâneos criada pelo Banco Central do Brasil. Assim como o TED e DOC, com o Pix será possível fazer transações para enviar ou receber dinheiro, mas com o diferencial de que o valor cai na conta de destino em alguns segundos, seja qual for o horário ou o dia da semana. Esse serviço estará disponível para uso a partir de 16/11/20.

Quais são os benefícios?

Mais liberdade, segurança e rapidez para escolher como prefere pagar.

Como eu faço o pré-cadastro do Pix no Sicredi?

Se já é associado e quer fazer o pré-cadastro, é preciso acessar o aplicativo Sicredi, clicar em Menu, Pré-cadastro Pix e confirmar o CPF ou CNPJ.

Como o Pix funciona?

Pelo aplicativo Sicredi será possível fazer os pagamentos, transferências e receber valores. O passo a passo vai ser bem parecido com o que já funciona, porém, existem três formas de enviar ou receber o dinheiro: dados bancários, QR Code ou chave Pix.

O que é a chave Pix?

A chave Pix, um dos grandes diferenciais desse meio de pagamento, são dados que identificam a sua conta transacional e representam o endereço da sua conta no Pix. Existem quatro tipos de chave Pix: pode ser seu CPF ou CNPJ, e-mail, número de celular ou chave aleatória, que é um conjunto de números, letras e símbolos gerados pelo sistema. Ou seja, ela é o que permite enviar ou receber um valor apenas com uma dessas informações, sem a necessidade de informar o número do banco, agência, conta, nome completo e CPF. Por esse motivo é necessário cadastrar essa chave diretamente no aplicativo do Sicredi, já que, automaticamente, a chave que você estiver cadastrando vai representar todos os dados da sua conta.

Vai ser seguro usar o Pix?

Com certeza. Todas as operações serão criptografadas, rastreadas e monitoradas 24 horas por dia, todos os dias da semana, seguindo os mais rigorosos protocolos e com um sistema que se comunica diretamente com o Banco Central para evitar fraudes.

Haverá fase de testes?

O período de teste determinado pelo Banco Central é de 03/11/20 a 15/11/20. Durante esse período os associados que estão testando o Pix no Sicredi poderão pagar, receber e fazer a gestão de suas chaves. Os demais associados poderão fazer a gestão de suas chaves, como já acontece desde o dia 05/10.

Terão horários específicos para uso do Pix?

Sim. Na fase de testes, nos dias 3, 4, 7, 8, 9, 10, 11, 14 e 15/11, os associados poderão usar a solução das 9h às 22h. Nos dias 5 e 12, das 9h às 23h59; 6 e 13/11 entre 0h e 22h. A partir do dia 16/11 o serviço inicia às 9h e estará disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana em todos os dias do ano.

Por que o Pix é tão inovador?

Esse é um passo importante na evolução do Sistema Nacional Financeiro (SNF), pois moderniza os mecanismos do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). Além de ser seguro, eficiente e ágil nas operações, essa ferramenta vai ao encontro de uma série de iniciativas das instituições financeiras para uma jornada de transformação digital e para uma sociedade mais sustentável, com menos circulação de moeda em espécie, menos riscos ligados ao dinheiro físico e menos impacto ambiental.

O Pix é gratuito?

Para pessoas física, sim. Para pessoas jurídicas, é preciso conferir as taxas e condições com a sua instituição financeira.

O Pix permite transferir valores entre contas de diferentes instituições?

 Sim. Será possível transferir e receber valores de ou para qualquer conta que seja vinculada ao Pix.

Quer saber ainda mais? Acesse o site www.sicredi.com.br/pix

Fonte: Sicredi Região da Produção RS/SC/MG

Foto: Pix promete mais liberdade, segurança e rapidez nos pagamentos

Post: Alana Santos