Emater/RS-Ascar e Sicredi lançam o projeto “Juntos pelas Agroindústrias”

Com o objetivo de fomentar e qualificar a agricultura familiar, especialmente o setor envolvendo agroindústrias familiares, a Emater/RS-Ascar, parceira da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), juntamente com a Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, Sicredi Raízes RS/SC/MG e Sicredi Região da Produção RS/SC/MG, deu início ao projeto regional “Juntos pelas Agroindústrias”. O lançamento ocorreu na manhã desta quinta-feira (30/07) e foi transmitido através das plataformas digitais da Emater/RS-Ascar. O ato contou com a participação do secretário da Agricultura do RS, Covatti Filho, de representantes da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, região em que o projeto será executado, do presidente da Emater/RS, Geraldo Sandri, e dos dirigentes das Sicredi Alto Uruguai, Raízes e Região da Produção RS/SC/MG.

O projeto “Juntos pelas Agroindústrias” envolve 42 municípios da região Norte do Estado, área de atuação da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen. Nos Coredes Médio Alto Uruguai e Rio da Várzea, que compreendem esta região, o setor primário é a principal alternativa de renda. Em vários municípios, a agricultura familiar chega a representar mais de 70% do Produto Interno Bruto (PIB) local, segundo levantamento realizado em 2018.

Nesta região, é perceptível que muitos agricultores familiares estão apostando no setor da agroindustrialização, transformando os produtos in natura em alimentos processados, agregando valor, renda e gerando qualidade de vida no meio rural. Apenas na região Norte, com abrangência dos 42 municípios, já são 174 agroindústrias em funcionamento. Diante deste cenário, surgiu a iniciativa de fomentar ainda mais o setor e qualificar as agroindústrias que já estão inseridas nesse processo. O projeto “Juntos pelas Agroindústrias” foi criado com esse intuito.

Durante o ato de lançamento, o gerente regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, Luciano Schwerz, apresentou o projeto regional, destacando seus objetivos e a metodologia de trabalho que será aplicada. Entre os objetivos do projeto, estão a geração de renda e agregação de valor à produção da agricultura familiar, melhoria da qualidade dos produtos através da formação continuada, capacitação e organização dos fluxos de produção, aplicação de estratégias de divulgação para impulsionar a comercialização, melhoria dos processos de gestão e aumento da competitividade das agroindústrias, ampliação dos canais de venda, realização de feiras, entre outras ações que visam o fomento da atividade e a qualificação das famílias envolvidas.

Ao todo, serão 27 atividades realizadas entre 2020 e 2021, como cursos, capacitações, palestras e feiras, além do acompanhamento in loco, realizado pelos extensionistas rurais da Emater/RS-Ascar, às famílias envolvidas, prestando assistência técnica.

O secretário Covatti Filho, em sua fala, parabenizou a todos pela iniciativa e disse que é dever da Seapdr incentivar programas como esse. “O fomento das nossas agroindústrias é prioridade para nós”, afirmou. Segundo ele, no ano passado, foram investidos mais de R$ 1,7 milhão em patrocínios de feiras, uma forma de incentivo também às agroindústrias, através de espaços para comercialização dos seus produtos. O secretário acredita que, ao final de 2021, o programa “Juntos pelas Agroindústrias” já terá grandes resultados e poderá tornar-se exemplo para as demais regiões. “Quem sabe possa servir de modelo para todo o Estado”, desejou.

O presidente da Emater/RS, Geraldo Sandri, também destacou a importância dessa iniciativa, que reforça o compromisso da Instituição de trabalhar pelo desenvolvimento rural sustentável do RS. “Uma das grandes forças da nossa Instituição é a nossa capilaridade. Atuamos em todos os municípios do Estado e este é um projeto que pode ser colocado em prática em todas as regiões. Um projeto como esse, que reúne parceria de importantes entidades, vai promover uma mudança significativa nas estruturas municipais. Nós somos responsáveis por executar políticas públicas, como exemplo o Programa Estadual da Agroindústria Familiar. A Emater leva as políticas até os municípios, mobiliza os agricultores, auxilia no processo de legalização, promove cursos de qualificação e gestão. E esse projeto, essa parceria, mostra isso, a importância de unir forças em prol do desenvolvimento regional. Temos convicção que estamos no caminho certo, fortalecendo a Emater e as famílias de agricultores, fortalecendo o setor agro em todo o Estado”, salientou Sandri.

“É um dia muito especial para nós da Sicredi. A agricultura familiar está na nossa essência. Nós nascemos da vontade do empreendedor e da visão estratégica de agricultores familiares. Por isso, ficamos imensamente felizes ao receber o convite para sermos parceiros desse grande projeto. Não existe desenvolvimento local isolado, mas sim, desenvolvimento regional, que reúne esforços de todas as entidades que apoiam o setor. Estamos engajados nesse projeto e com ele vamos todos crescer e evoluir”, exclamou a presidente da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, Angelita Cadoná.

Para o vice-presidente da Sicredi Raízes RS/SC/MG, Elvis Roberto Rossetto, essa iniciativa vem ao encontro da missão e do compromisso que a cooperativa tem de contribuir com o desenvolvimento regional. “Esse projeto é um passo à frente para que possamos desenvolver e gerar renda nos municípios. Ele qualifica e estrutura o setor, contribui para melhoria da condição de produção, gera valor às famílias e aos municípios. Por essas razões, somos parceiros nessa caminhada. Parabéns a todos os envolvidos”, reforçou Rossetto.

Para finalizar, o presidente da Sicredi Região da Produção RS/SC/MG, Saul João Rovadoscki, ressaltou a importante parceria entre a cooperativa de crédito e a Emater/RS-Ascar, entidades que trabalham juntas em diversas ações de promoção do desenvolvimento local e regional. “Emater e Sicredi têm uma longa caminhada de parceria. A Sicredi nasceu e cresceu trabalhando com os pequenos produtores, por isso, apoiamos esse projeto, para continuar fazendo o máximo pela agricultura familiar, pela sucessão das famílias rurais, pela geração de renda e qualidade de vida no campo. A agroindústria familiar é uma importante atividade que agrega valor e multiplica valores na região, e o desenvolvimento regional é o nosso compromisso”, reiterou Rovadoscki.

O lançamento do projeto “Juntos pelas Agroindústrias” foi transmitido através das plataformas digitais da Emater/RS-Ascar e alcançou mais de 300 acessos simultâneos e visualizações superando 1,7 mil pessoas alcançadas.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Frederico Westphalen/Jornalista Marcela Buzatto