Voluntários buscam doações para produção de protetores faciais

Grupo apoiado pela UPF já produziu mais de 770 peças que serão doadas a hospitais e clínicas de Passo Fundo e região. Outras 850 ainda devem ser produzidas nos próximos dias

Ao longo de pouco mais de uma semana de trabalho, o grupo “Todos pela Saúde”, de Passo Fundo, já produziu mais de 770 Face Shields, protetores faciais transparentes, que serão entregues para hospitais, clínicas e secretarias de saúde do município e da região, para auxiliar no atendimento a infectados pela Covid-19. Mais de 300 já foram entregues. Apoiado pela Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio do Núcleo de Fabricação Mecânica e da Rede de Inovação Conecta UPF, o grupo precisa agora de doações para atender a demanda, que até este domingo, 5 de abril, era de 850 peças.  

Entre os materiais necessários para a fabricação dos protetores e, que podem ser doadas por pessoas e empresas da comunidade, estão acetatos, policarbonatos ou Petg cristal de 0,5mm para a confecção das viseiras, elástico para prender na cabeça e filamento PLA para impressão dos arcos. De acordo com o engenheiro mecânico e proprietário da Tudo3d Prototipagem, Jean Carlos Ferron, um dos voluntários do grupo, os materiais disponíveis estão acabando e a demanda tem sido alta. “Todos os dias nós temos recebido demandas de pessoas aqui da cidade e de secretarias de saúde de outras cidades também, como Chapada, Não-Me-Toque. E conforme cidades vizinhas estão sabendo do nosso trabalho, a demanda está aumentando. Estamos tentando atender a todos”, explicou.

Além da possibilidade de doação destes materiais, o grupo também criou uma vaquinha online para quem preferir doar valores em dinheiro para contribuir com a produção. “Pessoas que não querem doar material ou não sabem onde comprar, nós temos uma espécie de vaquinha, onde a gente pede que quem tenha condições de fazer doações em dinheiro, nos apoie dessa maneira. Com isso, nós conseguimos buscar esses materiais com fornecedores e providenciar a fabricação deles para atender à produção das máscaras”, pontuou. A vaquinha pode ser acessada pelo link apoia.se/todospelasaudepf. Ainda, a população pode entrar em contato diretamente com o grupo pelo telefone (54) 9 9921-0609 ou pelo e-mail todospelasaudepf@gmail.com.

Segundo Ferron, o grupo também tem recebido demandas de luvas e máscaras descartáveis e álcool gel. “Infelizmente, isso a gente não está conseguindo doação de ninguém. Então, também buscamos valores para tentar comprar esses materiais e destinar a essas empresas, hospitais, clínicas e áreas da saúde pública que têm essa dificuldade de conseguir esse material”, acrescentou. Os valores doados poderão ajudar ainda na compra de insumos para higienização das viseiras, despesas de deslocamento para coleta e entrega de materiais e auxílio aos voluntários em despesas como energia consumida pelas impressoras 3D.

Fotos: Divulgação

Comenta aí o que você achou dessa matéria...