Com dois casos confirmados, ações de combate à dengue são reforçadas em Palmeira das Missões

A equipe de Vigilância em Saúde do município, através do setor de Combate às Endemias, fez a aplicação de inseticida nos quarteirões da região dos bairros Félix e Centro. A ação foi promovida na quinta-feira, (9), em razão de focos de dengue encontrados nas localidades, onde dois casos foram confirmados na última quarta-feira (8) – sendo ambos considerados autóctones, ou seja, que foram contraídos dentro do município.

De acordo com a coordenadora de Combate às Endemias, Regina Peixoto Ardenghi, além da aplicação do veneno para matar os mosquitos e parar a transmissão da dengue, foi realizado um trabalho casa a casa na região de busca de novos casos, bem como de eliminação de criadouros.

Os agentes de saúde percorreram as residências para comunicar sobre a realização da pulverização e dar as devidas orientações aos moradores. É importante destacar, que o procedimento de aplicação de inseticida, é feito somente quando há confirmação de casos de dengue nas localidades onde os pacientes residem.

Além disso, também foram intensificadas as vistorias em locais com piscinas e terrenos baldios. O não cumprimento da notificação acarretará em multas, com base na Lei Municipal nº 4787.

O serviço também mantém equipes fazendo visitas em imóveis em geral, bem como ações diferenciadas como: vistorias quinzenais em locais comerciais com maior concentração de criadouros e de pessoas e atendimento a solicitações de munícipes.

 “É importante a participação de toda população na eliminação de focos da dengue, uma vez que o mosquito prefere criadouros encontrados dentro de casa, como vasos, pratinhos e caixa de água mal vedada. A dengue é uma doença que deve ser combatida por todos diariamente, uma vez que o mosquito transmissor se prolifera muito rápido neste período e estamos nos esforçando para atender todas as demandas”, enfatizou a coordenadora de Combate às Endemias.

Na ação, a Vigilância em Saúde contou com o auxílio da 15ª Coordenadoria Regional de Saúde, a qual cedeu a máquina para a aplicação. Quem acompanhou a atividade foi a Médica Veterinária Jenifer Ávila, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde/RS, que sempre auxilia o município em ações referentes à dengue.

Fonte: Yasmin Mafalda – AIP

Fotos: Divulgação Vigilância em Saúde

Comenta aí o que você achou dessa matéria...