Ocorrência de violência doméstica termina em confronto com a polícia e dois mortos em Constantina

Uma ocorrência de violência doméstica terminou de forma trágica na tarde deste domingo, 01, em Constantina. Dois homens foram mortos depois de agredir uma mulher, uma criança e tentar agredir e desarmar dois policiais militares.

Conforme registro policial, uma guarnição da Brigada Militar foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica no bairro São Roque e chegando no local se depararam com uma mulher e uma criança sendo espancadas por um homem.

Os policiais tentaram convencer o acusado a cessar as agressões e chamaram o mesmo para que pudessem conversar no lado de fora da residência tentando acalmar os ânimos. Em determinado momento outro homem, amigo do acusado de agredir a mulher e a criança chegou no local.

A guarnição tentou dialogar com o agressor, porém ele disse que “não tinha polícia para ele” e partiu para cima de um dos policiais desferindo socos e chutes.

Diante do ataque, o brigadiano fez uso da força e entraram em luta corporal. Durante a tentativa de imobilização do homem que agredia o policial, o agressor tentou tomar a arma do mesmo. O outro acusado também passou a agredir o brigadiano tentando retirar a sua arma.

Uma enorme confusão foi formada e diante do eminente risco e de injustas agressões um dos policiais sacou a arma e efetuou dois disparos contra os agressores.

Os policiais acionaram o socorro e os feridos foram atendidos pelos socorristas do SAMU e pela Brigada Militar sendo encaminhados ao hospital onde entraram em óbito.

Eles foram identificados como Geferson Borges dos Santos, de 31 anos e Josemar Cavalheiro da Silva de 29 anos.

O registro do fato foi efetuado na Delegacia e será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Rádio Uirapuru

Comenta aí o que você achou dessa matéria...