Por Uma Cultura da Saúde Mental!

O que é o Janeiro Branco?
O seu objetivo é chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas e das instituições humanas. Uma humanidade mais saudável pressupõe um cultura de Saúde Mental no mundo!


Por que “Janeiro Branco”?

Porque, no primeiro mês do ano, em termos simbólicos e culturais, as pessoas estão mais propensas a pensarem em suas vidas, em suas relações sociais, em suas condições de existência, em suas emoções e em seus sentidos existenciais. E, como em uma “folha ou em uma tela em branco”, todas as pessoas podem ser inspiradas a escreverem ou a reescreverem as suas próprias histórias de vida.


Falar sobre Saúde Mental é uma das principais e das melhores formas de se promover a Saúde Mental dos indivíduos e das instituições!
E esse é o grande objetivo da Campanha Janeiro Branco: trabalhar por uma cultura da Saúde Mental na humanidade. Para isso, o Janeiro Branco busca promover a circulação de informações e de conhecimentos sobre Saúde Mental em todos os espaços nos quais as pessoas se encontram. Além disso, o Janeiro Branco também busca conscientizar a humanidade, assim como as autoridades governamentais e legislativas do mundo, a respeito da importância de estratégias e de políticas públicas voltadas para a promoção da Saúde Mental nas sociedades.
Campanhas geram conscientização, combatem tabus, mudam paradigmas e orientam os indivíduos a respeito de questões importantes para as suas vidas.


O que o Janeiro Branco realiza?
O Janeiro Branco promove palestras, oficinas, cursos, workshops, entrevistas midiáticas, caminhadas, rodas de conversa e abordagem de pessoas em todos os lugares nos quais elas se encontram.

Em alusão ao Janeiro Branco, realizou-se no dia 17 de janeiro o Treinamento de Atendimento Humanizado para as recepcionistas da Secretaria Municipal de Saúde. O treinamento buscou analisar junto à elas suas potencialidades e dificuldades, devido a serem o primeiro contato que realizamos em momentos de vulnerabilidade e adoecimento. O treinamento foi ministrado pelos psicólogos da Secretaria Municipal de Saúde Everton Becker e Katchuska R. Maier.

Fonte: A.I. Pref. Mun. de Ronda Alta/Morgana Soares