PF deflagra Operação Segurança Legal IV para coibir exercício ilegal de segurança privada

Ao menos 318 empresas de segurança e estabelecimentos estão sendo fiscalizados

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, (27/09), em âmbito nacional, a Operação Segurança Legal IV para coibir o exercício ilegal da atividade de segurança privada, seja por empresas irregulares, seja por pessoas não capacitadas para garantir a segurança nos estabelecimentos comerciais e em locais de acesso público.

A operação ocorre simultaneamente nos 26 estados da federação e no Distrito Federal, envolvendo o trabalho do órgão central e de mais de 95 unidades de Polícia Federal distribuídas por todo o território nacional. Ao menos 318 empresas de segurança e estabelecimentos estão sendo fiscalizados.

Os prestadores de serviços de segurança privada fiscalizados deverão comprovar sua regularidade, bem como o emprego exclusivo de vigilantes devidamente treinados e capacitados para a atividade.

As empresas flagradas atuando de maneira irregular estarão sujeitas ao encerramento das atividades e às demais sanções legalmente previstas.

No Rio Grande do Sul, 40 policiais federais fiscalizam 30 empresas de vigilância. Em Porto Alegre, a Polícia Federal, com apoio do GSVG da Brigada Militar, encerrou as atividades de uma empresa irregular. Na sede da empresa, foram apreendidos dois simulacros de arma de fogo, munições, algema e uniformes.

Fonte: PRF

Comenta aí o que você achou dessa matéria...