Acusado de tentar matar Del. Adroaldo Schenkel está sendo julgado hoje:

** As informações são da Rádio Uirapuru.

Um forte esquema de segurança com a presença de três guarnições do BPChoque de Passo Fundo está mobilizado hoje (20) para garantir a segurança durante o julgamento de um preso acusado de tentar matar o agora Delegado Regional da Polícia Civil, Adroaldo Schenkel, e o policial civil Luiz Martins Scheledel. O acusado da tentativa de homicídio é Alisson Odinei Boneta da Luz, 22 anos, que está preso desde 2017 em Passo Fundo. O júri iniciou de manhã e não há horário previsto de término.

A tentativa de homicídio ocorreu em 19 de junho de 2017 no interior de Gentil, durante uma operação policial de combate ao roubo de cargas de cigarros realizada pela então DEFREC, coordenada na época pelo delegado Adroaldo Schenkel e com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

No momento em que as viaturas se aproximaram do galpão, dois bandidos encapuzados e fortemente armados saíram do prédio efetuando vários disparos contra os policiais, que revidaram e iniciaram um intenso tiroteio.

Rapidamente um dos bandidos foi desarmado e o outro acabou morrendo no confronto. Dentro do galpão estavam todos os veículos roubados durante o assalto a uma distribuidora, além da carga de cigarros. Armas também foram apreendidas. Na troca de tiros com a polícia, Alisson Odinei Bonetta da Luz acabou preso e Ângelo Jonas Soares dos Santos, de 24 anos, foi quem morreu.

A sessão está sendo presidida pelo Juiz Marcel Andreata de Miranda, tendo como acusação o Promotor substituto da Comarca de Marau Alvaro Poglia.

Fonte: Rádio Uirapuru

Comenta aí o que você achou dessa matéria...