Produção de melancia é alternativa de diversificação e geração de renda para família frederiquense

A família Tur, moradora da Linha São Paulo, interior de Frederico Westphalen, está colhendo bons frutos na primeira safra da produção de melancia da propriedade. Em 0,8 hectares, a projeção de produtividade da família é colher 4,5 mil melancias. Através do acesso a políticas públicas e da assistência técnica realizada pela Emater/RS-Ascar, a família está diversificando as atividades na propriedade rural.

O primeiro estímulo do casal, Luciana e Edenilson Tur, para diversificar as atividades na propriedade iniciou a partir da participação na Chamada Pública do Tabaco, executada pela Emater/RS-Ascar, que visava apresentar diferentes alternativas de cultivo para geração de renda, promoção do bem-estar e da qualidade de vida das famílias envolvidas com a atividade do tabaco. Após ter acesso a essa política pública, a família Tur foi aos poucos diminuindo a produção de tabaco e aumentando os investimentos na atividade leiteira. Hoje, não produz mais tabaco, está organizada na atividade leiteira, planta milho para silagem e grão e diversifica sua produção em outras atividades, como o cultivo de melancia. 

Dois hectares da propriedade recebem irrigação, a pastagem e a área de cultivo da melancia. Nessa primeira safra que a família produziu foram plantadas as cultivares Formosa e BS Mel 98. “Essa foi mais uma alternativa encontrada pela família para diversificar sua produção. Além do custo baixo para produção, em torno de R$2,7 mil entre sementes, adubação e insumos em geral, o retorno com esse cultivo é garantido. Para a família Tur foi positivo investir na atividade. A intenção agora é experimentar plantar a cultivar fora de época e analisar o seu comportamento, pensando em produzir melancia em diferentes períodos do ano”, comentou o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Alécio Lapazin. 

Além da melancia, o produtor também pretende produzir melão na propriedade, em pequena escala, como forma de diversificar as atividades e a oferta de produtos. A comercialização da produção de melancias da família acontece nos mercados e locais, nas tendas na BR 386 e através da venda de casa em casa. A família Tur continua recebendo assistência técnica da Emater/RS-Ascar e, hoje, está inserida no Programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar. 

Fonte: Emater RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *