PRF divulga resultados da Operação de Fim de Ano na região norte e nordeste do RS

A operação contou com fiscalização intensiva nas rodovias federais da região. Nenhum acidente com morte foi registrado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou nesta terça-feira (1º) a Operação de Fim de Ano, que iniciou na quinta-feira (28).

Os resultados apresentados foram obtidos pelas unidades operacionais da PRF em Sarandi, Seberi, Passo Fundo, Erechim e Lagoa Vermelha.

Durante os cinco dias, policiais rodoviários federais reforçaram a fiscalização nos trechos com maiores índices de acidentes, com atenção especial àquelas infrações que causam o maior número de vítimas no trânsito: embriaguez ao volante, excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, falta do uso do cinto de segurança e de cadeirinha para as crianças.

A operação contou com ações de educação para o trânsito, através de palestras dirigidas a condutores e passageiros que transitavam pelas rodovias federais, com objetivo de conscientização e prevenção de acidentes.

Fiscalização

Foram fiscalizados 1.501 veículos, abordadas 1.943 pessoas e realizados 712 testes de etilômetro para verificação de consumo de bebida alcóolica pelos condutores. Os radares estiveram em operação por 54 horas durante o feriadão. Mais de 190 usuários da rodovia foram sensibilizados em palestras educativas, incluindo o Cinema Rodoviário, onde os motoristas e passageiros são fiscalizados e convidados a assistir vídeos educativos.

Acidentes

Nas rodovias atendidas pelas unidades da PRF em Sarandi, Passo Fundo, Seberi, Erechim e Lagoa Vermelha, foram registrados 5 acidentes de trânsito com feridos, que causaram lesões em 14 pessoas, seis delas de natureza grave. Não houve acidente com morte.

Infrações

Foram abordados 128 veículos em que o condutor ou passageiro não estavam utilizando cinto de segurança. Também 26 motoristas foram multados por transportar criança sem o dispositivo de retenção adequado, seja o bebê conforto, a cadeirinha ou o assento de elevação, dependendo da idade da criança.

Foram abordados 101 motoristas cometendo ultrapassagens proibidas. Essa infração é causa principal dos acidentes mais letais ocorridos nas rodovias: as colisões frontais. O valor da multa por ultrapassagem é de R$ 1.467,35.

Cinquenta e três motoristas foram flagrados cometendo infrações relacionadas ao consumo de álcool. Cada um deles foi multado no valor de R$ 2.934,70 e terá a CNH suspensa pelo período de um ano. Ainda, dois deles estavam acima do limite previsto para o crime de embriaguez e foram presos. Além da multa e da suspensão da CNH, eles responderão na justiça e a pena prevista para esse caso é de seis meses a três anos de detenção.

Os radares da PRF flagraram 711 condutores transitando em velocidade superior à permitida. O valor das infrações varia de acordo com o excesso de velocidade verificado, sendo que a menor corresponde a R$ 130,16 e a maior a R$ 880,41.

Fonte: PRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *