PF, Brigada Militar e Exército cumprem mandados de prisão em reserva indígena no Norte do RS

Polícia Federal, a Brigada Militar e o Exército cumprem 14 mandados de prisão preventiva e 18 de busca e apreensão na Reserva do Votouro, em Benjamin Constant do Sul, no Norte do Rio Grande do Sul, na manhã desta quinta-feira (2).

As investigações iniciaram em março quando um conflito na reserva deixou um índio morto e outras oito pessoas feridas. E maio, Natan Hochmann, de 21 anos, sobrinho do prefeito da cidade, Itacir Hochmann, foi morto quando passava de carro pela Reserva do Votouro. Segundo a polícia, o prefeito foi até o local depois do fato, onde foi mantido em cárcere privado e torturado por indígenas.

Os crimes investigados na Operação Terra Sem Lei são homicídio, tentativa de homicídio, incêndio criminoso, rixa qualificada, organização criminosa, cárcere privado e tortura. Participam da operação mais de 200 homens da Polícia Federal, da Brigada Militar e do Exército Brasileiro.

**As informações são do G1 RS

Foto: Polícia Federal/ Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =