PF deflagra operação de lavagem de dinheiro na exportação de máquinas agrícolas em Passo Fundo e outras três cidades do RS

Na manhã desta segunda-feira, agentes da Polícia Federal, Receita Federal e Ministério Público deflagram a operação Conexão Venezuela em Passo Fundo, Erechim, Canoas, Porto Alegre e duas cidades de SP.
A operação investiga lavagem de dinheiro e organização criminosa envolvendo exportação de máquinas agrícolas, entre empresas brasileiras e venezuelanas.

As investigações iniciaram após a Receita Federal identificar pessoas jurídicas no RS e em SP realizando transações financeiras atípicas, em atividade de intermediação de exportação de máquinas e implementos agrícolas do Brasil para a Venezuela.

Empresas sediadas na Venezuela, uma delas estatal, repassavam altos valores ao Brasil para aquisição desses equipamentos. Porém, parte do dinheiro não era destinada aos fabricantes e fornecedores, tendo circulado em contas bancárias diversas e, ao final, remetida ao exterior.

Algumas dessas transferências tiveram como beneficiárias pessoas jurídicas sediadas em paraísos fiscais. Parte dos recursos remetidos da estatal venezuelana para o Brasil seria fruto de crime. Apenas no período de 2010 a 2014, os valores movimentados pela organização teriam ultrapassado os R$ 200 milhões.

Em Passo Fundo estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, dois em Erechim, quatro em Porto Alegre e um em Canoas. Ainda, um em São Paulo e um em Americana.

Na cidade agentes cumprem mandados na empresa LS Tractor, localizada nos fundos do Posto Basso, no bairro Jerônimo Coelho. Ainda em um condomínio de luxo próximo ao local.

Também em escritórios de advocacia na Rua Morom, próximo a Biblioteca Municipal e na Rua Independência.

Um dos investigados passo-fundenses teria movimentado R$ 300 milhões no esquema.

Não há informações de prisões até o momento
Fonte: R. Uirapuru

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *