PF deflagra operação contra quadrilha suspeita de fraudar licitações principalmente de asfaltamento de ruas no Norte do RS

Ao todo estão sendo cumpridos nove mandados de prisão, 16 de busca e apreensão e dois de condução coercitiva. Prejuízos podem chegar a R$ 10 milhões.

Agentes participam da operação contra fraudes em licitações (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (7) uma operação para desarticular uma organização criminosa suspeita de fraudar licitações de obras públicas no Norte do Rio Grande do Sul. Os contratos investigados são principalmente de asfaltamento de ruas.

Ao todo estão sendo cumpridos nove mandados de prisão, 16 de busca e apreensão e dois de condução coercitiva em Frederico Westphalen, Seberi, Derrubadas, Vicente Dutra, Barra do Guarita e Porto Alegre. Segundo a Polícia Federal, mais de 80 policiais federais participam da ação.

Estão sob investigação pelo menos 20 contratos que totalizam mais de R$ 30 milhões. O prejuízo estimado pode ultrapassar R$ 10 milhões.

As investigações iniciaram em julho de 2016. Os suspeitos teriam participação em fraudes no caráter competitivo de licitação, fraudes na execução das obras públicas, sonegação de contribuição previdenciária, estelionato, crimes contra a ordem tributária, tráfico de influência, fraude processual, corrupção ativa e passiva, entre outros.

A operação ganhou o nome de “Entrega Simulada” em razão da fraude praticada pela organização criminosa, que pesava caminhões carregados com material diverso do contratado e depois emitia comprovantes de pesagem simulando a entrega de asfalto nas obras públicas licitadas. Somente em uma das obras investigadas estima-se que foram desviadas aproximadamente 400 toneladas de asfalto.Os presos e o material apreendido serão encaminhados para a sede da Polícia Federal em Santo Ângelo.

Policiais federais buscam por documentos (Foto: Divulgação/PF)
Fonte:G1RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *