OPERAÇÃO BORDUNAS

 

Em 24 horas a Policia Civil de Sarandi conseguiu, através de investigações, recuperar três carros roubados.

No dia 25/04/2017 a DP de Sarandi durante diligências no Bairro Vicentinos, nesta cidade, localizou o veículo TOYOTA/COROLLA, roubado na cidade de Não-Me-Toque, o qual empreendeu fuga pela RS 404, Linha Jacutinga, Natalino, Linha Mendes e Linha Estancado, sendo acompanhado quando o condutor perdeu o controle e colidiu contra um barranco, abandonando o veículo e fugindo para o mato. Logo em seguida durante cumprimento de MBA na casa do suspeito foi presa a companheira dele K.A.G. por receptação dolosa e tráfico de entorpecentes, 10,4g de cocaína e 4,2g de crack, fracionados para venda.

Em continuidade as diligências no dia 26/04/2017 a DP de Sarandi e a DP Ronda Alta localizaram na reserva indígena do Alto Recreio, cidade de Ronda Alta o veículo FIAT/SIENA, objeto de roubo em Três Palmeiras e o veículo GM/ASTRA, objeto de roubo no estado do Paraná.

Além disso, foi preso em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo permitido M.B, que portava um revólver calibre .32, assim como foram apreendidas mais 07 armas de fogo de diversos calibres e munições, provenientes da aldeia indígena.

Resultado parcial da operação: 03 veículos roubados recuperados, 08 armas de fogo apreendidas e munições, 01 motocicleta adulterada, 01 veículo com lacre rompido e licenciamento vencido, 01 aparelho celular roubado recuperado e 10,4g de cocaína e 4,2g de crack apreendidos, 02 duas pessoas presas em flagrante delito.

Salienta o Delegado de Polícia Leandro Evandir Guimarães, que coordenou a operação, que os agentes da polícia civil tiveram o apoio da PRF de Sarandi e guarnições da BM de Ronda Alta, Sarandi e Constantina para a retirada dos veículos da aldeia indígena. Diante disso, conforme Leandro Guimarães está sendo desmantelada uma parte de uma quadrilha responsável por 08 roubos identificados nas cidades de Marau, Não-MeToque,Sarandi, Três Palmeiras e Ronda Alta .

 

Fonte/Fotos: Rogério Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *