Sobreviventes de atropelamento que matou 4 na RS-404 recebem alta

 

Polícia Civil espera que motorista se entregue antes da expedição de um mandado de prisão

Os últimos dois sobreviventes internados após o atropelamento que matou quatro pessoas na RS-404, em Rondinha, foram liberados do hospital na quarta-feira (11). Mateus Rodrigues, 14 anos, e a irmã dele, Michele Rodrigues, 17 anos, estavam no Hospital São Vicente de Paula em Passo Fundo.

Ainda ontem, no dia do acidente, os outros dois feridos já haviam deixado o Hospital do Trabalhador de Ronda Alta. Os dois jovens que receberam alta hoje estavam no carro que saiu da pista e colidiu em uma árvore. O pai deles, Erni da Rosa Rodrigues, 40 anos, foi socorrido do Prisma, com placas de São Leopoldo, mas acabou morrendo atropelado.

Segundo a Polícia Civil, também morreram no acidente mãe e filho, que moravam em Novo Hamburgo. Lori de Fátima dos Santos, 43 anos, e Thaison Mateus Oliveira, 21 anos, trafegavam em um Classic quando resolveram parar para socorrer as vítimas do primeiro acidente. O agricultor João Paulo Mattei, 68 anos, que era morador das proximidades, também não resistiu aos ferimentos.

A investigação ainda procura o motorista, mas afirma já ter identificado o veículo que atropelou o grupo. Câmeras de segurança de diversos postos de combustíveis foram analisados pela força-tarefa da polícia, que envolve agentes e delegados de Sarandi e Rondinha.

A Polícia Civil espera que o motorista se entregue antes da expedição de um mandado de prisão. Os sobreviventes ainda não foram ouvidos, por estarem em estado de choque.

Fonte:TP com Rádio Gaúcha

Foto: Roger dos Reis

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *