Projeto do SEBRAE/RS estimulará pequenas indústrias de alimentos orgânicos

As vagas são limitadas e disponíveis para empreendimentos de todo o Estado

O setor de alimentos tem em sua composição empreendimentos de características singulares, mas que ao mesmo tempo se complementam. Inicia no campo, passa pela estocagem, transporte, até chegar nas indústrias de processamento, atacados, varejos, lancherias e similares. O coordenador da carteira de alimentos e bebidas do SEBRAE/RS, Roger Klafke, aponta que o novo projeto irá trabalhar, especialmente, sobre dois pilares. “Vamos atuar na questão estratégica e, principalmente, ajudando na prospecção de clientes”, afirma. Segundo ele, um produto orgânico, que pelo seu perfil artesanal era mais viável ser um negócio de pequenas empresas, hoje já conta com grandes corporações atuando fortemente neste mercado. “Há uma maior competitividade e necessidade de reposicionamento e de união dos pequenos”, ressalta.

O foco estratégico do projeto está em desenvolver as indústrias e agroindústrias especializadas nos orgânicos, bem como aquelas que produzem alimentos com alto valor agregado. Segundo Klafke, há um grande número de produtores no Estado. “Temos inclusive um aumento na procura por esses produtos, portanto, nosso trabalho irá auxiliar as indústrias a captar esses clientes”, aponta. A técnica da Regional Metropolitana do SEBRAE/RS, Jociane Ongaratto, que atuará na gestão dos projetos, conta que “ao longo do ano, as empresas selecionadas terão acesso às consultorias especializadas, workshops, rodadas de negócio e participarão das principais feiras do setor”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *