Não somos loucas! Vontade de morder bebês tem explicação científica

QUANTAS VEZES JÁ NÃO FALAMOS EM ESMAGAR UMA CRIANÇA DE TÃO FOFA?

Esmagar, apertar, morder… Não dá vontade de fazer essas coisas com aqueles bebês absurdamente fofos? Isso tem uma explicação científica! De acordo com um estudo de Rebecca Dyer e Oriana Aragon, de cientistas de Yale, nos Estados Unidos, esses sentimentos dão um mecanismo do nosso cérebro para regular as emoções.

O cérebro humano entende que o excesso de amor e carinho que sentimos ao ver um bebê é um desequilíbrio. Para tentar mudar isso, são enviadas reações contrárias, como vontade de morder, apertar e esmagar.

Fonte R7/ REDAÇÃO PAIS&FILHOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *