Conheça a Crotalária, flor utilizada no combate ao Aedes

Imagine seu jardim com belas flores amarelas, atraindo energia positiva e beleza. Agora imagine que, além dessas características, essas flores atuam como repelente natural contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika vírus e chikungunya. Essa planta é a Crotalária Juncea, espécie que se adapta a qualquer habitat e cresce rapidamente nos jardins. A Crotalária em fase adulta atrai a libélula, inseto que se alimenta das larvas do mosquito, além de ser considerado predador natural do Aedes. O inseto distribui seus ovos na água parada, justamente onde o Aedes se prolifera, e quando os ovos da libélula eclodem, as larvas se alimentam das larvas do mosquito.

 

Vale lembrar que a eficácia da Crotalária no combate ao Aedes não foi comprovada cientificamente e o foco é mais um experimento de acabar com a multiplicação do mosquito, já que todo método é bem vindo no combate a sua infestação. Mesmo com a planta em seu jardim, não deixe de combater a dengue com os métodos tradicionais, mantendo quintais limpos e não deixando água parada.

Saiba como cultivar a Crotalária:

A Crotalária prefere solo fértil locais frescos, quando selecionar o local do plantio, faça covas de aproximadamente 2 cm de profundidade  50 cm de distância entre cada cova. Em cada cova, coloque 2 sementes de Crotalária e regue diariamente na fase do nascimento do grão, mas tenha cuidado para não deixar solo muito encharcado. A Crotalária requer os cuidados básicos, que geralmente temos com as outras plantas de nosso quintal ou jardim. As sementes germinarão de 5 a 7 dias, e quando florir, começaram a atrair as libélulas.

Referência: Correio do Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *