Emater/RS-Ascar apresenta Plano Operativo e Planejamento 2017 em municípios do Norte do Estado

Nesta semana, municípios do Norte do Estado estão reunindo lideranças e representantes de entidades ligadas ao setor agropecuário para apresentar a avaliação do trabalho realizado este ano pela Emater/RS-Ascar, o Plano Operativo e o Planejamento para 2017. Frederico Westphalen, Palmitinho e Barra Funda, foram alguns dos municípios que já contemplaram essa atividade. O engenheiro agrônomo do núcleo de planejamento da Emater/RS-Ascar, Mauro Fernando Stein, participou das reuniões em Frederico Westphalen e Palmitinho. 

Em Frederico Westphalen, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais recebeu as lideranças do município, Conselho Agropecuário e Secretaria Municipal da Agricultura, para acompanhar a apresentação da avaliação de resultados e o planejamento para 2017. Neste ano, a Emater/RS-Ascar desenvolveu inúmeras ações envolvendo a atividade de bovinocultura de leite, uma das prioridades do município. Capacitação de produtores, elaboração de projetos de crédito, gerenciamento da atividade leiteira, manejo do rebanho, melhora na qualidade do leite, criação da terneira, entre outras práticas foram destaque este ano.

“Com o trabalho de gestão da atividade leiteira foram observadas significativas melhorias nas propriedades assistidas, com aumento de produtividade e na qualidade do leite. Estamos fazendo um grande esforço para fortalecer a cadeia produtiva do leite, através de visitas, capacitações e dias de campo. Com isso, novas áreas foram implantadas com pastagem perene, a dieta balanceada do rebanho, manejo das pastagens e da ordenha, qualidade do leite, criação de terneiras, são atividades desenvolvidas das propriedades”, assinalou o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Jeferson Vidal Figueiredo.

Agroindústria, irrigação, segurança e soberania alimentar e juventude rural também foram destaques da avaliação deste ano. Para 2017, o município mantém essas prioridades, reforçando o assessoramento de gestão, crédito rural, solos, piscicultura, olericultura, entre outras atividades.

A reunião no município de Palmitinho aconteceu na sede da Secretaria de Educação, com participação do prefeito, Luís Carlos Panosso, do Conselho Agropecuário, Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Secretarias da Agricultura e Saúde, Vigilância Sanitária, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e representantes do Banco do Brasil, Sicredi e Cresol.

“Nossa equipe comentou sobre o estudo de situação, uma ferramenta importante e atualizada, usada também para construir o Plano Operativo. Em seguida, apresentamos as atividades realizadas este ano e os resultados alcançados. O debate contribuiu na construção e aprovação do Plano Operativo do próximo ano, com a participação dos conselheiros e parceiros das 41 atividades planejadas pelo escritório municipal”, enfatizou a extensionista social da Emater/RS-Ascar, Valéria Zanatta Senger. O planejamento do município definiu cinco atividades prioritárias para 2017: bovinocultura de leite, artesanato, segurança e soberania alimentar, piscicultura e direitos sociais e socioassistenciais.

O município de Barra Funda realizou nesta quinta-feira (06/10) uma reunião na Câmara de Vereadores para apresentação do planejamento do próximo ano. Participaram do encontro o atual prefeito e o prefeito eleito na semana passada, o Conselho Agropecuário e representantes da Assistência Social. Foram apresentadas informações do estudo da situação, a avaliação dos trabalhos desenvolvidos pela Emater/RS-Ascar e, por fim, o planejamento 2017.

“Discutimos 34 atividades, entre elas o destaque para bovinocultura de leite, solos, segurança e soberania alimentar, viticultura, mulheres rurais, artesanato, plantas bioativas, habitação e paisagismo, inclusão social e produtiva, piscicultura, gestão rural e juventude”, citou o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Arni Hoffmann.

No município, ficou acordada maior participação e colaboração dos vereadores nas atividades voltadas ao meio rural, reforço nos Conselhos Municipais e atenção aos jovens que desejam permanecer no meio rural com atendimento diferenciado.

As atividades de maior impacto em Barra Funda concentram-se na produção de soja, com 3,6 mil hectares cultivados por 365 produtores; 450 hectares de milho, que envolve 245 agricultores; 960 hectares de trigo para 85 produtores e a produção leiteira, com 101 produtores chegando a uma produção anual de cinco milhões de litros de leite.

 

Fonte: Assessoria Emater/Ascar-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *