Atividades do Projeto Rio Passo Fundo iniciaram na terça-feira, 31 de outubro

A Fundação Universidade Passo Fundo, juntamente com a Caixa, o Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (MUZAR), o Museu Histórico Regional (MHR), o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MARVS), que comporta um importante ambiente cultural, e o Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto, está desenvolvendo, na área de abrangência da bacia hidrográfica do Rio Passo Fundo, o projeto “Rio Passo Fundo Patrimônio Paisagístico, Natural e Ambiental Histórico, Cultural, Econômico e Político”. A iniciativa tem por objetivo principal reconhecer a importância do Rio Passo Fundo, em todos os seus aspectos, bem como integrar a comunidade regional na construção de uma cultura de valorização do patrimônio natural.

O projeto, que conta com vários parceiros, entre eles o Batalhão Ambiental, CORSAN e o Ministério Público, está realizando o mapeamento do rio, expedições, exposições, ações educativas, dentre outras atividades que intencionem mostrar e valorizar a história deste importante recurso natural.

Em Ronda Alta este trabalho iniciou na manhã desta terça-feira, dia 31 de outubro, quando a equipe começou a coleta de dados com moradores ribeirinhos, visitas as escolas, análises da água, vegetação, solo, entre outros.

Esta atividade conta com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Desporto, que intermediou as entrevistas e a participação das escolas, bem como disponibilizou o transporte do grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *