Confira as últimas notícias da dupla GRENAL

D’ Alessandro defende mudança de postura para o Inter voltar a vencer

O capitão Andrés D’Alessandro revelou em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (06) em Viamão, que o Inter precisa mudar de postura para não sofrer mais dentro de casa para superar os adversários na Série B. Para o meia, até o final, os times farão “Copas do Mundo” dentro e fora do Beira-Rio, Portanto, a equipe precisa se adaptar e, às vezes, utilizar a mesma estratégia.

“Se alguém achava que o Inter, por ser um clube grande, iria ganhar a Série B com o pé nas costas, não fomos nós. (…) Muitas vezes tínhamos que ter jogado como time, entre aspas, pequeno. Se resguardando atrás. Jogando na retranca, esperando para ver o que o adversário vai fazer e fazer ele vir para cima para termos espaços para contra-atacar. Isso não está acontecendo no Beira-Rio. Esse é um fator que está sendo decisivo na hora de a gente criar e se impor sobre os adversários”, declarou o argentino.

“O adversário está jogando na retranca. Não é justificativa para a gente não ganhar os jogos, pois muitas vezes aconteceu no passado do clube. Sou da época que nós tocávamos três ou quatro em qualquer adversário retrancado e o Beira-Rio fazia a diferença com o torcedor jogando junto, que está fazendo a sua parte, mas não estamos dando o retorno dentro de campo”, afirmou.

Sobre a necessidade de alterar o comportamento dentro das quatro linhas, o craque colorado disse não ter a receita, mas reforçou que passa por uma nova atitude “Não podemos nos abalar no primeiro passe que a gente erra. Precisamos ter um time que onde oito possam carregar três. É muito difícil três ou quatro carregar sete ou seis. E a nossa força vai prevalecer”, disse o meia.

D’Alessandro admitiu que foi um dos atletas que apoiou o retorno ao hotel em Viamão para ter treinamentos mais tranquilos. O jogador acreditava que, se os trabalhos fossem realizados no CT do Parque Gigante, os companheiros ficariam muito expostos e não teriam o espaço para que ocorresse a cobrança entre eles. A avaliação é que os treinos dos últimos dias foram muito produtivos.

“No meio do coletivo de terça-feira, tivemos que melhorar uma situação que estava nos complicando (a saída de bola). Melhoramos, acertamos e o treinamento melhorou muito. Essas coisas que precisamos seguir para conseguir a tranquilidade e duas vitórias seguidas”, disse o argentino.

O Inter volta aos treinos na manhã de sexta-feira, às 9h30min, na última atividade antes do confronto contra o Criciúma. O jogo válido pela 12ª rodada da Série B está marcado para sábado, às 16h30min, no estádio Beira-Rio.

Janela de transferências assusta torcida do Grêmio

Considerado um dos melhores times do Brasil na atualidade, com vaga encaminhada nas quartas de final da Libertadores e na semifinal da Copa do Brasil, além de ser vice-líder do Brasileirão, o Grêmio vive uma fase irretocável dentro de campo. Mas o sucesso do time também traz assédio aos principais jogadores. E a janela de transferências está causando calafrios no torcedor gremista.

O presidente Romildo Bolzan Jr. já admite vender um ou até mesmo dois atletas na atual janela. Após o jogo do Grêmio contra o Godoy Cruz, na Argentina, enquanto Luan concedia entrevista, o mandatário brincou: “Não será o Luan quem sairá, não”. O atacante é alvo de times italianos e seu empresário circula na Europa em busca de propostas que possam agradar ao Grêmio. O clube deve negociá-lo, mas tentará até a última rodada de tratativas segurar o atleta até o final do ano, colocando esse fator como determinante para concretizar o negócio.

Além de Luan, o meia-atacante Pedro Rocha também está na mira dos europeus. O Sevilla, da Espanha, teria oferecido 5 milhões de euros, valor considerado baixo pelo Grêmio, que almeja receber cerca de 9 milhões de euros. O clube tem 70% dos direitos econômicos tanto de Luan quanto de Pedro Rocha. O volante Arthur é outro atleta valorizado no momento.

Fonte: Correio do Povo



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *