Confira as últimas informações da dupla grenal:

Damião é visto como fundamental para o Inter

Internamente, os dirigentes e o técnico Guto Ferreira acreditam que Leandro Damião será fundamental na campanha de volta do clube para a Série A. Ele foi buscado não só por suas características de centroavante, mas também por sua identificação com a torcida e o clube. “É muito bom estar de volta. Pisar de novo no Beira-Rio é emocionante”, afirmou o jogador, enquanto distribuía dezenas de autógrafos para torcedores colorados na noite de terça-feira.

Ele assistiu à vitória sobre o Oeste por 2 a 0 no estádio, ao lado de Camilo. Ambos poderão estrear contra o Goiás, na terça-feira. “O Damião é um jogador com características que não tínhamos no grupo”, afirmou o vice de futebol, Roberto Melo. Diante da suspensão de D’Alessandro, Camilo deve ganhar a primeira oportunidade na próxima rodada. Damião, por sua vez, disputa vaga com Nico López.

O Inter segue no mercado e pretende anunciar nos próximos dias a contratação de mais um lateral. Fabinho, que sofreu uma fratura no tornozelo no segundo tempo do jogo contra o Oeste, fica afastado por quatro meses. Ele foi submetido a uma cirurgia ontem.

Grêmio visita Atlético-PR para garantir vaga na semifinal da Copa do Brasil

Nem o mais pessimista torcedor do Grêmio imagina que o time possa tomar cinco gols do Atlético-PR na noite desta quinta-feira e ser eliminado da Copa do Brasil. As duas equipes fazem o jogo de volta das quartas de final a partir das 21h45min, na Arena da Baixada, em Curitiba, e o Tricolor leva uma ampla vantagem por ter vencido o primeiro confronto por 4 a 0.

A semifinal está muito próxima e só escapa se acontecer uma catástrofe em Curitiba – caso faça um gol, o Grêmio poderá até perder por 5 a 1. “A gente sabe que no futebol pode acontecer de tudo a partir do momento em que a equipe não está concentrada e achando que já ganhou”, alerta o lateral Marcelo Oliveira. Antigo titular, ele deve iniciar a partida no lugar de Cortez. Renato Portaluppi receberá hoje um relatório da preparação física com a situação de cada atleta. Portanto, o time que inicia o jogo deve ser anunciado aos jogadores somente na preleção.

A tendência é de que alguns titulares sejam preservados em função do desgaste físico, casos de Edílson, Geromel e Maicon. Como só tem a opção de golear, o Atlético-PR certamente cederá espaços para o Grêmio. “É um fator positivo para nós essa obrigação do adversário de sair para o jogo. É um ponto que podemos aproveitar. Acho que o Atlético vai para o tudo ou nada, vai arriscar, temos que estar atentos”, completa Marcelo Oliveira.

Para o volante Michel, o Tricolor terá que saber lidar com a pressão do Atlético nos primeiros minutos da partida. “A gente espera o Atlético pressionando nos primeiros 20 minutos, mas estamos preparados para isso. Eles precisam vir para cima e por um lado isso é bom, a nossa equipe tem um contra-ataque rápido”, analisa o jogador. “A vantagem é boa, mas perigosa, não podemos relaxar em cima do placar do primeiro jogo. Vamos entrar com a mesma seriedade e humildade”, finaliza.

Nessa quarta, o Grêmio treinou na Arena da Baixada para se ambientar ao gramado sintético. Renato Portaluppi comandou e até participou do “rachão”.

Copa do Brasil – quartas de final

Atlético-PR

Weverton; Cascardo, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, M. Rosseto, Douglas Coutinho, Matheus Anjos e Felipe Gedoz; Pablo. Técnico: Fabiano Soares.

Grêmio

Marcelo Grohe; Leonardo, Bressan, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel, Jailson, Ramiro, Fernandinho e Pedro Rocha; Luan. Técnico: Renato Portaluppi.

Árbitro: Raphael Claus (SP).

Local: Arena da Baixada, em Curitiba.

Início: 21h45min.

Fonte: Correio do Povo



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *