Melo pede tempo para Guto montar o Inter

O vice de futebol do Inter, Roberto Melo, considerou a atuação do Inter no empate, em 0 a 0, com o Paraná, nessa terça-feira, no estádio Beira-Rio, como péssima. Para o dirigente, o time precisa evoluir, mas, para isso, precisa de tempo para Guto Ferreira, que chegou há 20 dias e disputou seis partidas, treinar a equipe. Desde então, o profissional teve apenas três treinos com a equipe completa e sem ser véspera ou pós-jogo.

“Fizemos uma mudança drástica no comando técnico, que não gostamos de fazer. E ainda não teve tempo de trabalhar e fazer as mudanças na equipe que a gente entende como fundamentais. Desde que chegou foram jogos terças e sábados e ele não teve tempo para treinar. Desde o jogo de sábado, não conseguiu fazer nenhum treino. Daí fica difícil implementar um novo modelo de jogo, melhorar nos conceitos técnico, tático e físico. Temos mais um jogo e depois teremos duas semanas para ele poder treinar. Tenho certeza que a equipe vai melhorar”, declarou Melo.

 Apesar de assumir a sua parte no momento da equipe, o vice de futebol fez questão de dividir com os demais integrantes a responsabilidade pelo rendimento do time: “Não sou eu que faço a equipe jogar”, salientou. “O treinador e a comissão são responsáveis por fazer a equipe jogar. E quem atua são os jogadores, que em última instância, são os responsáveis por entrar e fazer um bom desempenho. Então, todos são responsáveis e não nos eximimos disso. Tivemos uma péssima atuação e não conseguimos ter um bom desempenho”, afirmou.

Roberto Melo ainda estranhou as reclamações de Ceará, após o empate com o Paraná. O lateral fez na terça-feira sua terceira partida no ano e lamentou ter sido avisado que atuaria pela direita “na última refeição” antes do confronto. “O Ceará não está escanteado, pois treina desde o início do ano. Assim como todos os outros, está à disposição e foi relacionado. Ao que me consta, ele ficou de sobreaviso e me estranha a manifestação, pois o profissional jovem ou com a experiência do Ceará tem que estar pronto para jogar. Ele teve a oportunidade que tanto esperava e acho que faz parte. Neste momento, este tipo de declaração não é a mais adequada, mas acontece”, lamentou o dirigente.

O Inter volta a treinar às 15h30min no CT do Parque Gigante. O próximo compromisso é contra o Brasil de Pelotas, no sábado, às 16h30min, no estádio Bento Freitas. Após oito rodadas, o Colorado é o sexto colocado com 14 pontos, quatro a menos que o líder Juventude.

 

Fonte: Correio do Povo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *