Esclarecimento quanto ao exercício arbitrário das próprias razões:

Na última terça-feira, 27 de junho, divulgamos sobre um fato inusitado que ocorreu em Ronda Alta.

Primeiramente foi divulgado que tratava-se de um furto do veículo gol bola, de cor prata, de placa KNG – 5728, de Rondinha-RS, contudo, verificou-se que, na verdade, outro tipo de crime teria ocorrido.

O condutor havia estacionado o veículo na Av. Presidente Vargas, especificamente em frente a casa lotérica. Ele foi pego de surpresa quando deslocava-se no sentido onde tinha deixado o automóvel e o mesmo não estava mais por lá.

O indivíduo de iniciais M. J. T. é vítima do exercício arbitrário das próprias razões, ou seja, a dívida referente ao veículo não é do mesmo e sim foi contraída por uma terceira pessoa. O motorista foi pego de surpresa quando deslocava-se no sentido onde tinha deixado o automóvel e o mesmo não estava mais por lá.

A ação envolveu BM e Polícia Civil na busca pelo veículo, que foi apresentado na DP na manhã de quarta-feira, 28 de junho.

Informações: Welliton Fortes

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *