Polícia Civil descobre laboratório de ecstasy utilizado por quadrilha em Florianópolis

Na tarde da última quarta-feira, (10) a Delegacia de Combate às Drogas (DECOD), com o apoio da 2ª Delegacia de Polícia da Capital, realizou mais uma operação de sucesso na Capital. Após quatro meses investigando uma quadrilha envolvida em produção e venda de drogas sintéticas, os policiais encontraram seu principal laboratório de ecstasy, no bairro Carianos, em Florianópolis.
No local, durante abordagem, três membros da quadrilha foram presos – um deles, o líder. Os policiais flagraram o momento em que a droga estava sendo produzida. Apreendeu-se R$ 25 mil, um veículo Mercedes Benz A 200, um revólver com diversas munições, além de 8 mil comprimidos de ecstasy. Ainda, os policiais encontraram material para confeccionar aproximadamente mais 30 mil comprimidos de ecstasy, cerca de 27 kg de maconha, diversos objetos de alto valor financeiro, três prensas automáticas, três balanças de precisão, seis fornos utilizados para o preparo da droga e outros materiais.
Segundo o Delegado de Polícia responsável pelo caso, Attilio Guaspari Filho, a matéria prima usada para fabricar o ecstasy era a metilona, a qual o grupo conseguia através da internet. A metilona não costuma dar positivo no laudo de constatação, apenas no laudo final.
De acordo com as investigações, a destinação final de parte da droga era a cidade de  Porto Alegre.
Polícia Civil



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *