Jovem morre após ter mangueira de ar colocada no ânus por colegas

O adolescente, 17, que sofreu rompimento de órgãos internos morreu na tarde desta terça-feira, 14, após parada cardíaca. O garoto foi agredido pelo dono do lava-jato que trabalhava; o patrão introduziu o compressor de ar pelo ânus do adolescente que teve parte dos órgãos internos rompidos, como o intestino e esôfago.
Internado há 11 dias, o garoto estava com um quadro instável. Pela manhã retornou à área vermelha da Santa Casa em Campo Grande após hemorragia.
A Santa Casa informou à imprensa que o jovem faleceu por volta das 13h35 após parada cardíaca, Ele estava aguardando a equipe que se preparava para identificar o local do sangramento, onde a suspeita era que fosse no esôfago.Caso ocorreu no lava-jato onde adolescente trabalhava
Reprodução/TV Morena
Relembre o caso
No dia 3 de fevereiro, o adolescente de 17 anos deu entrada na Santa Casa em Campo Grande após ser agredido com um compressor de ar de um lava-jato pelo patrão. O objeto foi introduzido pelo ânus do garoto que teve parte dos órgãos internos comprometidos.
Na investigação o acusado negou a tese de agressão e informou a Polícia que tudo começou como uma brincadeira que o garoto começou. A declaração foi contestada pelo adolescente.
Recentemente o irmão da vítima comemorou o estado de melhora do jovem, e hoje pela manhã estava sendo realizada uma campanha de doação de sangue para o garoto, porém ele não resistiu.
Jornal O Progresso
 POSTAGEM : Rogério dos Reis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *