Número de desempregados sobe a 12,3 milhões em 2016

Desocupação no último trimestre do ano foi de 12% e é a maior da série histórica iniciada em 2012, segundo o IBGE

A taxa de desemprego bateu recorde e chegou a 12% no último trimestre de 2016, segundo divulgação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) desta segunda-feira. O resultado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua indica que havia 12,3 milhões de pessoas procurando emprego entre os meses de outubro e dezembro. O número representa um acréscimo de 300.000 pessoas em relação ao trimestre anterior e a taxa é a maior desde o início da série histórica iniciada em 2012.

Segundo o IBGE, a variação da taxa de desemprego de 11,8% no terceiro trimestre do ano anterior para 12% no quarto trimestre indica estabilidade do desemprego. Em relação aos três últimos meses de 2015, houve aumento de 3,1 pontos porcentuais (era de 9%). A taxa média em 2016 foi de 11,5%.

Em relação ao setores, houve queda na administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (de 1,3%, 199.000 pessoas) e expansão em comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (de 3,3%, 559.000), transporte, armazenamento e correio (2,5%, 110.000) e alojamento e alimentação (3,1%, 145.000). Os demais grupamentos se mantiveram estáveis, segundo  IBGE.

O rendimento médio no último ano caiu 2,3% em relação ao anterior, chegando a 2.029 reais. No último trimestre, foi de 2.043 reais, resultado considerado estável em relação ao trimestre anterior (variação de 0,8%) e ao mesmo período de 2015 (0,5%).

A população ocupada era de 90,3 milhões entre outubro e dezembro de 2016, e a de trabalhadores com carteira assinada, de 34 milhões. Ambos os grupos tiveram comportamento de estabilidade em relação ao trimestre anterior, segundo o IBGE.

Fonte: Veja.com



Welliton Fortes introduziu-se na Comunicação bastante cedo. Aos 14 anos, teve seu primeiro programa indo ao AR através da Rádio Navegantes, na época, intitulado Parada Pop. Naquele tempo, o mesmo identificou-se com os microfones, foi se aperfeiçoando, adquirindo seu espaço na 98.3. Em três anos como comunicador, ganhou experiência, apresentando programas de diversos gêneros. Em fevereiro deste ano (2016), já aos 18 anos, assumiu o Jornalismo da Rádio Navegantes, onde vem desempenhando um excelente trabalho, com o objetivo principal de noticiar/informar os rondaltenses sobre acontecimentos do município, curiosidades, informações da região norte do estado e casos de grande repercussão a nível nacional, tudo isso, aliado a veracidade que compõe a sua escrita, onde toda equipe busca trabalhar com fontes concretas. Segundo Welliton, ainda há muito a ser aprimorado. Somente pensando dessa forma a comunidade estará bem informada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *