Na apresentação, Uendel revela que interesse do Inter mexeu “com o coração”

Jogador assinou contrato de três anos com o Colorado

O lateral Undel, de 28 anos, foi apresentado oficialmente pelo Inter na tarde desta terça-feira no estádio Beira-Rio. O jogador afirmou que a transferência é “um grande passo que dá na carreira” e revelou que vários foram os motivos que o fizeram trocar o Corinthians pelo Colorado. Entre eles, ter nascido em uma família fanática pelo seu novo clube.

“Não são poucos os motivos que me fizeram sair do Corinthians, onde tinha mais dois anos de contrato, estava bem habitado e estava há três anos no clube. Em 2016, atuei 55 jogos e era um dos capitães da equipe. O primeiro contato foi no dia 16 de dezembro e a resposta que dei para o meu empresário foi: ‘Se for o Inter, mexe com o coração’. Minha família toda colorada e, apesar de não ser torcedor de infância, sei muito bem o que representa atuar no clube”, revelou o lateral.

Uendel fez questão de desmentir um boato de que a proposta do Colorado seria o dobro do salário que recebia no clube paulista. Lembrei que a transferência para Porto Alegre chegou em bom momento já que terá a primeira filha daqui a 20 dias e que ficará perto dos familiares que são de Sombrio, no Sul de Santa Catarina. “Não tenho dúvida que estou dando um grande passo na minha carreira. Fui muito feliz no Corinthians. Foram três anos incríveis, mas tenho certeza que vou ser feliz aqui no Inter”, disse o jogador.

Mesmo sendo contratado do Corinthians, que conquistou vários títulos nos últimos anos, o lateral nega que chegue ao clube como protagonista. “A responsabilidade de protagonismo é de todos. No futebol, para um jogador se destacar ele precisa do coletivo. Para ter um destaque como lateral, precisarei muito do coletivo. Tanto na parte defensiva, quanto na coletiva. Precisamos focar no coletivo para aparecer as qualidades individuais”, revelou o lateral.

Uendel comemorou o aprendizado que teve nos três anos no Timão, em especial, no ano e meio que trabalhou com o técnico Tite. “Ele é um treinador muito detalhista e me ensinou muitas coisas. Detalhes que parecem bobos, mas que fazem a diferença para um lateral. Tive uma evolução muito grande quanto trabalhei com ele”, declarou. “O passar dos anos te dá a maturidade. Os últimos anos no Corinthians aprendi muitas coisas. Melhorei a questão defensiva. A questão do posicionamento, que é muito importante. Meu futebol cresceu bastante nos últimos anos”, completou.

O jogador conversou com Antônio Carlos Zago e com seus novos companheiros nos últimos dias e ficou feliz com a receptividade. Uendel lembrou que ainda não foi definido o esquema tático que a equipe irá atuar, mas garantiu que está preparado para ajudar o grupo atuando da forma que o técnico quiser.

 

Fonte:Correio do Povo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *