Cabral gastou R$ 700 mil em joias de safira e R$ 156 mil em ternos

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral gastou mais de R$ 6,5 milhões em joias entre 2000 e 2016.

Elas foram pagas em dinheiro vivo e sem emissão de nota fiscal, segundo documentos elaborados pelo MPF (Ministério Público Federal) na investigação da operação Eficiência, deflagrada nesta quinta (26) e que teve o empresário Eike Batista como um dos alvos.

Em delação premiada, Renato e Marcelo Chaber, que atuaram como operadores financeiros do político até o ano passado, revelaram um pagamento no valor de 229 mil euros por meio de uma conta do banco BSI para a H. Stern da Alemanha em 2015. O comprovante bancário foi anexado aos autos da investigação.

A H. Stern confirmou a compra no valor de R$ 773 mil e informou que o montante se refere “pagamento de um par de brincos e de um anel de safira, nos valores de R$ 493 mil e R$ 280 mil que teriam sido adquiridos pelo Sr. Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho, nos meses de maio e junho de 2015”.

Os delatores também apresentaram uma planilha com pagamentos para a joalheria que totalizam o valor de R$ 669,9 mil entre agosto de 2014 e janeiro de 2015.Entre as despesas de Cabral que os operadores também pagaram estão 11 peças da grife italiana Ermenegildo Zegna, a maioria ternos, que custaram R$ 156 mil. Os pagamentos foram feitos por meio de depósitos em espécie, entre 2014 e 2015.

Os delatores afirmaram que a partir de 2012 o fluxo de dinheiro de propina de Cabral, que até então era remetido para o exterior via operações como dólar-cabo, passou a ficar no Brasil. O dinheiro ilícito começou a ser gasto com despesas no país.

O relatório do MPF diz ainda que os operadores eram os responsáveis por usar o dinheiro ilegal para saldar custos como pagamentos de funcionários de Cabral, previdência privada, encargos trabalhistas, médicos, terapeutas, condomínio, IPTU, IPVA, seguro de carros e conserto de automóveis. Segundo os delatores, só essas despesas giravam de em torno de R$ 220 mil mensais.

Com informações da Folhapress.




One thought on “Cabral gastou R$ 700 mil em joias de safira e R$ 156 mil em ternos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *