14 plantas que vão ajudar a espantar o mosquito da dengue de sua casa

A ordem é não deixar água parada para prevenir focos do mosquito da dengue, chikungunya e zika. Além disso, uma boa ideia é ter no quintal ou em algum vasinho plantas que ajudam a espantar os insetos. Conheça algumas:

 

Citronela

De aroma forte, a citronela repele mosquitos e borrachudos do seu entorno. Ela forma touceira densa, de folhas longas e compridas, com bordas cortantes e de coloração verde clara. Pode ser plantada em vasos, jardineiras ou direto em jardins. Sua essência é utilizada em perfumes, velas, incensos, repelentes e desinfetantes. O bagaço pode ser utilizado na alimentação animal. Diz-se também que repele gatos de hortas e canteiros. Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil, bem drenádo e enriquecido com matéria orgânica. A planta não é tolerante a frio intenso ou geada. Multiplica-se pela divisão das touceiras.

Erva-cidreira

A erva-cidreira cresce espontaneamente nas hortas e jardins e, além de seu uso como chá digestivo e calmante, pode ser utilizada como repelente de mosquitos e outros insetos no entorno de onde estiver plantada. A planta prefere solo úmido e exposição à luz solar.

Erva-dos-gatos, Erva-Gateira, nepeta ou catnip.

 Se você não se importar com os gatos da vizinhança passeando pelo seu quintal,
plante erva-dos-gatos. Muitas pessoas acham essa planta muito mais eficaz do que os inseticidas, além de ser mais segura. A dica é plantá-la perto daquelas plantas que atraem insetos naturalmente. Ela cresce de maneira agressiva, como uma planta daninha. Sempre a mantenha contida; do contrário, poderá tomar conta do canteiro todo.

Lavanda

A lavanda é uma planta muito utilizada por seu aroma agradável, que serve como essência em diversos produtos, além de ser utilizado em aromaterapia pelas suas propriedades relaxantes. Apesar de agradar tanto aos humanos, os insetos não gostam do seu perfume. A lavanda pode ser plantada no jardim ou em vasos dentro de casa, mantendo o local protegido contra mosquitos e suavemente perfumado.

Menta

Muito utilizada para consumo como chá, todas as variedades de menta possuem também propriedades antimosquitos. Você pode plantá-la na terra ou num vaso, cuidando para que sempre esteja com a terra úmida e receba luz solar.

Tomilho

Além de ser utilizado como tempero no preparo de alimentos, o tomilho é um ótimo repelente natural de insetos, plantado em vasos, canteiros ou diretamente no jardim. Gosta de solo bem drenado ou até secos, não resistindo a períodos muito chuvosos ou a frio muito intenso.

Alecrim


Outro tempero que também funciona como repelente, o alecrim pode ser plantado em jardins ou em vasos fundos. Necessita de pouca água, solo bem drenado e abrigo contra ventos fortes

Cravo da índia

Os cravos-da-índia podem ser plantados no jardim para repelir os mosquitos. A planta se adapta bem em solos argilo-silicosos, profundos, férteis e bem drenados e não se adapta a frios rigorosos, preferindo uma temperatura média de 25 graus

Manjericão

Muito utilizado no preparo molhos, o manjericão, por seu aroma forte, pode ser um repelente natural contra mosquitos. Plante em vasinhos ou diretamente no jardim e mantenha a terra úmida. A planta não é tolerante ao frio.

Ageratum

Estas pequenas e delicadas flores são ótimas para repelir mosquitos, mas podem ser perigosas para crianças e animais por serem tóxicas. A planta gosta de local ensolarado, solo fértil e bem drenado.

Sarracênia

Conhecida como “planta carnívora”, a sarracênia tem uma espécie de copo com um néctar aromático que atrai os insetos que, quando entram na planta, não conseguem sair. Plante-as em vasos perto das janelas e deixe que elas cacem os mosquitos que se aproximarem de sua casa.

Crisântemo

Estas flores são ótimas para afastar baratas, percevejos, pulgas e carrapatos. A planta gosta de claridade, mas não gosta de receber sol direto, e não gosta de temperaturas baixas. A água deve ser constante, mas sem deixar o solo encharcado.

Eucalipto Torelliana

Estas árvores são barreiras naturais contra os mosquitos, que detestam o seu aroma. Plante algumas no seu jardim e deixe a natureza fazer o seu trabalho.

Crotalária

A Crotalária atrai a libélula, um inseto predador do mosquito da dengue. Com o plantio da Crotalária no jardim ou quintal de casa, ou até no jardim da empresa, a libélula, que busca colocar ovos em água parada, assim como o mosquito Aedes Aegypti, vai depositar seus ovos, essas larvas vão se alimentar das larvas do mosquito transmissor da dengue acabando com aquele foco. O mesmo acontece com a libélula adulta, ela é predadora e se alimenta de pequenos insetos, o que inclui o Aedes Aegypti. Assim, quebra-se a cadeia reprodutora do mosquito da dengue.

Fotos: Web

Fonte: Notícias UOL

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *