Sartori nega caixa preta e aponta RS como mais transparente ao conceder isenções fiscais

Governador disse que chegou a reduzir alguns incentivos

“Não há caixa preta alguma. O Rio Grande do Sul é o estado mais transparente nesta área”, declarou o governador José Ivo Sartori, na manhã desta quarta, ao ser questionado sobre a concessão de incentivos fiscais. Ao longo da entrevista ao programa Agora, da Rádio Guaíba, ele explicou que durante os primeiros dois anos de seu governo não concedeu nenhum incentivo que já não tivesse sido feito pelas administrações anteriores.

“A verdade é que alguns incentivos até foram reduzidos. Fizemos conversas, setor a setor. Só em 2015, as desonerações fiscais por meio do crédito presumido, chegaram a R$ 2,5 bilhões. Houve uma queda que ultrapassa os 15% em relação ao ano anterior”, disse.

O governador disse que o RS precisa garantir condições para que as empresas possam competir no mercado, em função da guerra fiscal entre os estados. “Foram quase R$ 9 bilhões concedidos em desonerações em 2015. Isso representa 20% a menos do potencial que poderíamos fazer”, enfatizou. Defendeu ainda as ações de enfrentamento contra a sonegação no Estado.

Correio do Povo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *