Preis alega questões profissionais para deixar comando do futebol do Grêmio

Vice-presidente de futebol na conquista do pentacampeonato da Copa do Brasil, Adalberto Preis não seguirá em 2017. Nesta terça-feira, em entrevista à Rádio Guaíba, o dirigente justificou que compromissos profissionais o impedem de seguir no comando do departamento mais importante do clube.

“Eu assumi em um momento que o Grêmio vinha em uma sequência difícil, de derrotas, mas já pensando que seria até o final do ano. Eu tenho compromissos profissionais, viajo para o exterior com certa frequência. Imagina se um vice de futebol sai para o exterior por 15 ou 20 dias, a crise que não se geraria? Então cheguei a conclusão de que não apresento as condições para estar a frente do departamento”, afirmou Preis.

Adalberto Preis deixará o departamento de futebol, mas seguirá como membro do conselho de administração. Ele garante que seguirá ajudando no que for possível nos assuntos de campo. “A saída não significa que se o quem estiver a frente do departamento quiser um auxílio em qualquer coisa que eu não estarei lá. Vou continuar no conselho de administração como vice-presidente eleito. O conselho de administração cada vez mais participada do futebol do clube, o que é positivo. Se o futebol é o carro-chefe do clube, o departamento de futebol não pode ser dirigido como uma caixa-preta”, completou.

Elogios a Odorico Roman

O substituto de Adalberto Preis ainda não está definido. Um nome que surge como forte candidato é Odorico Roman. Apesar de dizer que não sabe quem será escolhido pelo presidente Romildo Bolzan Jr., para o cargo., Preis afirmou que Odorico Roman está preparado para exercer a função.

“A escolha é do presidente e o que eu sei é que ainda não existe a definição desse nome. O Odorico segue trabalhando comigo neste momento que estou fazendo a passagem da gestão para o próximo vice-presidente. Estamos fazendo essa transição e acredito que o Odorico tem todas as condições, mas não sei se será ele”, analisou.

O primeiro trabalho do novo vice de futebol será firmar a renovação do técnico Renato Portaluppi. Adalberto Preis afirmou que as primeiras conversas foram positivas, mas garantiu que ainda foram discutidos os valores e o tempo do novo contrato do treinador.

“Já começou essa negociação conceitual durante o andamento da Copa do Brasil. Só debatemos conceitos em uma reunião de mais de duas horas. Falamos a respeito da atividade dele, do prazo, mas não avançamos em uma proposta financeira efetiva. Ainda assim a reunião foi positiva e os conceitos estabelecidos nessa reunião vão ajudar na montagem de uma proposta. O que posso garantir é que o Renato ainda não fez nenhuma proposta ao Grêmio. Nenhuma informação de valor divulgada é verdadeira. Ele não apresentou nenhuma proposta”, garantiu.

Fonte: Correio do Povo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *