O preço do sedentarismo

Fonte: IstoÉ

Impressionantes 53,8 bilhões de dólares foram torrados no mundo em 2013 para lidar com as consequências à saúde da falta de movimentação. “É uma conta cara, que foi paga pelos setores público e privado e também por cada um de nós”, afirma a epidemiologista Melody Ding, autora do estudo.

Tem mais: outros 13,7 bilhões de dólares escorreram pelo ralo por causa da perda de produtividade associada a mortes precoces provocadas pelo sedentarismo. E olha que esses cálculos são conservadores, porque os cientistas mediram o impacto financeiro da inércia em só cinco doenças — há evidências de que 22 males têm ligação com ela. Confira abaixo alguns dos resultados dessa pesquisa:

Sedentarismo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *