Polícia indicia 39 pessoas em inquérito sobre fraude no Banrisul

A Polícia Civil indiciou nesta quinta-feira 39 pessoas em inquérito sobre uma fraude no Banrisul. Entre os indiciados estão empresários, ex-funcionários do banco e laranjas que participaram do esquema. De acordo com o titular da Delegacia Fazendária (Defaz) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), delegado Daniel Mendelski, alguns são suspeitos de estelionato, outros de falsidade ideológica e há indiciados por lavagem de dinheiro e agiotagem.

Mendelski relatou ainda que ao menos 17 empresas foram criadas e teriam participado do esquema. “Além dessas companhias, mais quatro ou cinco, já existiam e se beneficiam do golpe. O inquérito foi enviado à justiça de Viamão”, relatou em entrevista ao Correio do Povo.  

A operação que descobriu o crime contra o Banrisul foi deflagrada em abril deste ano e foi chamada de Stellio. Na época, a Polícia Civil cumpriu 212 ordens judiciais em 12 cidades gaúchas, incluindo região Metropolitana, interior e Porto Alegre.

A organização criminosa usava empresas de fachada e com a conivência de funcionários de instituições financeiras públicas e privadas para firmar contratos de empréstimos bancários fraudulentos, apresentando como garantia cheques sem fundo ou bens com documentação falsificada. O dinheiro arrecadado era desviado para contas bancárias operadas pelos articuladores do esquema.

Fonte: Correio do Povo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *