Grêmio visita Vitória contra retrospecto negativo

Se a vaga na Libertadores via Brasileirão estava tornando-se algo distante, passou a ser quase que uma obrigação para o Grêmio. Com o G4 virando G6, o Tricolor ficou a apenas dois pontos de entrar na zona de classificação. E pode até ingressar nela na noite desta quarta. Para isso, precisa vencer o Vitória na Arena Fonte Nova, às 19h30min, e torcer por resultados paralelos. O problema é o retrospecto fora de casa. Até aqui, a equipe venceu apenas dois jogos longe da Arena.

“É uma oportunidade a mais para os clubes. Antes eu dizia que o Grêmio tinha interesse em entrar no G4 e buscar a Copa do Brasil. Agora, mais do que nunca temos que almejar esse G6. Tornou-se quase uma obrigação para o Grêmio conquistar essa vaga”, afirma o técnico Renato Portaluppi.

Nessa terça, ele comandou um treinamento no estádio do Pituaçu, na capital baiana, e confirmou o time que encara o Vitória. Com Marcelo Oliveira e Luan suspensos, Iago e Henrique Almeida entram na equipe. Walace e Marcelo Grohe, que não atuaram contra o Cruzeiro, retornam.

“O Iago está indo bem nos coletivos. Quando perdemos o Marcelo (Oliveira) não tive dúvidas de colocar o garoto. Tem muita velocidade e é bom no apoio”, explicou o treinador. Maicon e Bolaños só devem voltar contra o Atlético-PR, no dia 13 de outubro, pela 30ª rodada.

Argel poderá repetir a escalação

O Grêmio enfrentará um adversário embalado em Salvador. O Vitória vem de dois resultados expressivos – 2 a 0 no São Paulo e 4 a 1 na Chapecoense – e conseguiu abrir certa vantagem sobre a zona de rebaixamento. O técnico Argel Fucks mandará a campo o mesmo time que goleou em Chapecó. Sem o colombiano Cárdenas, vetado pelo departamento médico, o meia Tiago Real segue entre os titulares.

“O Vitória ainda se encontra em uma situação de dificuldade, mas estamos melhorando. Espero continuar contribuindo nessa reta final”, destaca o jogador. Tiago elogiou a chegada de Argel, que venceu três dos últimos quatro jogos no Brasileirão. “É um treinador que não deixa ninguém relaxar, está sempre atento a todos os detalhes. Ele é motivador, cobra bastante, não tinha treinador melhor para vir nesse momento”, acrescenta.

Se vencer o Grêmio na Arena Fonte Nova, o Vitória dá um passo importante para manter-se na Série A em 2017. “Não conquistamos nada ainda, é necessário continuar com o espírito de pés no chão. O grupo tem que estar atento e manter a mesma entrega da última partida”, finalizou Tiago Real.

Fonte: Correio do Povo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *