Em nota, Roger aponta decisão profissional para saída e lamenta falta de título

O técnico Roger Machado divulgou uma nota nesta quinta-feira sobre sua decisão de pedir demissão do Grêmio. O treinador disse que deixa o cargo com a certeza de ter feito o seu melhor e lamentou o fato de não ter conseguido conquistar nenhum título pelo clube.

“Me despeço do Grêmio após 16 meses de trabalho, por uma decisão profissional. Saio com a certeza de que procurei fazer o meu melhor. Entretanto, já não o suficiente para este momento. Acredito que este grupo possa seguir desempenhando o seu melhor futebol que em momentos recentes demonstrou, mas agora sob a responsabilidade de outro profissional”, escreveu.

“Saio triste e também frustrado por não ter conquistado títulos no Grêmio, mas ao mesmo tempo feliz por ter conseguido implantar um trabalho que foi pautado em valores, considerados por mim, importantes para o futebol”, continuou.

Roger ainda fez um agradecimento ao presidente Romildo Bolzan Jr. pela oportunidade dada de treinar o Grêmio e elogiou os jogadores pelo esforço demonstrado. A torcida também foi lembrada pelo treinador. “Ao torcedor, obrigado pelo apoio e tenham certeza que compreendo cada aplauso ou vaia, afinal o futebol é movido também pela paixão”, finalizou.

Roger Machadou pediu demissão após a derrota por 3 a 0 para a Ponte Preta, em Campinas, na noite dessa quarta-feira. Roger deixou o Grêmio após 477 dias. Durante esse período comandou o time em 94 jogos, com 48 vitórias, 22 empates e 24 derrotas. O treinador foi anunciado em 26 de maio de 2015, com o peso de substituir o consagrado Felipão. Após uma grande arrancada, conseguiu levar o grupo ao terceiro lugar do Brasileirão 2015, garantindo vaga para a Libertadores. Nessa campanha, venceu o histórico Grenal 407 por 5 a 0, na Arena.

Confira a nota divulgada por Roger

“Despeço-me do Grêmio após 16 meses de trabalho, por uma decisão profissional. Saio com a certeza de que procurei fazer o meu melhor. Entretanto, já não o suficiente para este momento. Acredito que este grupo possa seguir desempenhando o seu melhor futebol que em momentos recentes demonstrou, mas agora sob a responsabilidade de outro profissional. Saio triste e também frustrado por não ter conquistado títulos no Grêmio, mas ao mesmo tempo feliz por ter conseguido implantar um trabalho que foi pautado em valores, considerados por mim, importantes para o futebol

Agradeço ao presidente Romildo e demais dirigentes do clube pela oportunidade e crédito. Aos funcionários, o meu muito obrigado também. Aos atletas, meu carinho, admiração e agradecimento pelo esforço e dedicação, com a esperança que o meu trabalho e o da minha comissão possa ter agregado valor a todos vocês. Ao torcedor, obrigado pelo apoio e tenham certeza que compreendo cada aplauso ou vaia, afinal o futebol é movido também pela paixão. Que o Grêmio continue seu caminho de conquistas. Estarei muito na torcida, Obrigado. Roger Machado”

 

Correio do Povo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *